Associação e Mudança de Categoria

Associação e Mudança de Categoria:

A documentação para associação ou mudança de categoria deve ser enviada com pelo menos 1 mês de antecedência da reunião do Conselho Deliberativo.

Vantagens de se tornar Sócio:

  • Publicações impressas da SBHCI pelo correio, da SBHCI (Jornal da SBHCI), de periodicidade trimestral;

  • Receber as Newsletters eletrônicas quinzenais;

  • Receber os boletins em tempo real emitidos a partir dos grandes eventos internacionais da Cardiologia e da Cardiologia Intervencionista;

  • Acessar ao Workplace, que possibilita a convivência societária para diversas deliberações;

  • Solicitar artigos científicos de revistas internacionais na área de Cardiologia Intervencionista

  • Desfrutar de descontos na inscrição em eventos científicos realizados pela SBHCI;

  • Receber assessoria e orientação jurídicas para melhoria da qualidade profissional.

Art. 4 o SBHCI é constituída por associados fundadores, titulares, aspirantes, honorários, beneméritos e colaboradores.

Os associados da SBHCI são automaticamente membros e constituem o Departamento de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Associado Aspirante

Conforme Estatuto vigente:

Art. 8 o associado aspirante deve preencher os seguintes requisitos:

  • Ser médico diplomado por faculdade de Medicina reconhecida no País;

  • Ter atividade comprovada em Cardiologia Intervencionista há, pelo menos, 1 (um) ano; 

  • Ser apresentado por dois associados titulares;

  • Estar em dia com a tesouraria da SBHCI;

  • Ser aprovado pelo Conselho Deliberativo.

Parágrafo Primeiro - O associado aspirante tem direito de:

  • Participar das reuniões científicas;

  • Receber as publicações da SBHCI.

Parágrafo Segundo - O associado aspirante não terá direito de votar nem de ser votado para cargos eletivos da SBHCI, bem como não terá direito de voto em pleitos deliberativos.

Parágrafo Terceiro - O associado aspirante pagará o mesmo valor da anuidade do associado titular e gozará dos mesmos descontos em inscrições para eventos científicos.

Além das comprovações acima o candidato a Associado Aspirante deve enviar também:

  • Cópia do comprovante residencial;

  • Cópia do RG;

  • Cópia do CPF;

  • Inscrição definitiva no CRM/CFM (cópia simples);

  • Cheque nominal a SBHCI no valor de uma anuidade vigente;

  • Demais dados pessoais para cadastro solicitados na ficha de inscrição (e-mail, telefones residencial, comercial e celular).

Associado Titular

Conforme Estatuto vigente:

Art. 6 o associado titular deve preencher os seguintes requisitos:

  • Ser associado aspirante há, pelo menos, 1 (um) ano;

  • Possuir o Certificado de Área de Atuação em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista outorgado pela SBHCI/SBC/AMB com Registro de Qualificação de Especialista (RQE) no CRM da sua jurisdição;

  • Comprovar treinamento mínimo de 02 (dois) anos;

  • Demonstrar conduta ética como médico, comprovada por 03 (três) associados titulares por meio de carta de recomendação subscrita por estes;

  • Estar em dia com as contribuições associativas e obrigações sociais da SBHCI;

  • Ser aprovado pelo Conselho Deliberativo.

Parágrafo Primeiro - São direitos do associado titular:

  • Votar e ser votado, nos casos previstos neste Estatuto, especialmente no tocante aos cargos eletivos da SBHCI;

  • Participar de reuniões científicas e receber as publicações científicas patrocinadas pela SBHCI;

  • Ter precedência na participação em eventos científicos promovidos pela SBHCI;

  • Requerer desagravo público à SBHCI quando atingido no exercício de sua profissão.

Parágrafo Segundo - São deveres do associado titular:

  • Cumprir e fazer cumprir as disposições estatutárias;

  • Estar em dia com a tesouraria da SBHCI;

  • Colaborar com o bom desempenho dos órgãos dirigentes da SBHCI e acatar as decisões tomadas pela Entidade, respeitadas as disposições estatutárias.

Art. 7 poderá, ainda, ser considerado associado titular o médico com atuação exclusiva em intervenção em cardiopatias congênitas, preenchendo os seguintes requisitos:

  • Ser associado aspirante há, pelo menos, 1 (um) ano;

  • Praticar atividade em Cardiologia Intervencionista Pediátrica há, pelo menos, 3 (três) anos;

  • Demonstrar conduta ética como médico, comprovada por 3 (três) associados titulares por meio de carta de recomendação subscrita por estes;

  • Possuir Certificado de Área de Atuação em Cardiologia Pediátrica conferido pelo Departamento de Cardiologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Cardiologia ou da Sociedade Brasileira de Pediatria;

  • Ser aprovado em processo específico de avaliação em intervenção em cardiopatias congênitas efetivada pela Comissão Permanente de Certificação;

  • Estar em dia com a tesouraria da SBHCI;

  • Ser aprovado pelo Conselho Deliberativo.

Parágrafo Único - O associado titular de que trata este artigo tem os mesmos direitos e deveres do associado titular em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (Art. 5o).

O candidato a Associado Titular deverá preencher a ficha de mudança de categoria. 

Para dúvidas, entrar em contato com departamento de sócios da SBHCI pelo e-mail: socio@sbhci.org.br

Associado Benemérito

Poderão ser associados beneméritos as pessoas, físicas ou jurídicas, que tenham concorrido, moral ou materialmente, para o engrandecimento da SBHCI.

A concessão do título de associado benemérito dependerá de:

  • Solicitação de um associado titular;

  • Aprovação por pelo menos 2/3 (dois terços) dos presentes na Assembléia Geral.

Torne-se um Sócio Aspirante! Se você é Sócio Aspirante, veja os requisitos para se tornar um Sócio Titular.

Associado Remido

O associado remido deve preencher os seguintes requisitos:

  • Serão associados remidos todos aqueles que tiverem pago anuidade durante 30 (trinta) anos, desde a constituição da SBHCI, e/ou atingirem a idade de 65 (sessenta e cinco) anos, isentando-os das anuidades, sem prejuízo dos direitos adquiridos anteriormente.

Associado Honorário

Poderão ser associados honorários os médicos ou profissionais de qualquer área de atividade que tenham contribuído significativamente para o progresso e a divulgação da Cardiologia Intervencionista.

A concessão do título de associado honorário dependerá de:

  • Solicitação de um associado titular;

  • Aprovação por pelo menos 2/3 (dois terços) dos presentes na Assembléia Geral.

Associado Colaborador

Poderão ser associados colaboradores os médicos interessados que preencherem os seguintes requisitos:

  • Ser diplomado por faculdade reconhecida no País há, pelo menos, 5 (cinco) anos; (cópia autenticada)

  • Ter publicado trabalho sobre Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista;

  • Ter apresentado trabalho sobre Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista em congressos nacionais ou internacionais;

  • Ser aprovado pelo Conselho Deliberativo;

  • Estar em dia com a tesouraria da SBHCI.

Parceria:

Apoio:

scitech.png
MicroPort Logo.png

Copyright © Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista